Quero ser estilista, e agora?

17:35:00

(Revista do shopping Prime com a peça que desenvolvi para a Gata Malhada)

Não sou a pessoa mais experiente do mundo, obvio! Mas acho que posso ajudar. Procurei algumas dicas extras em sites na internet, mas pra ser sincera, se eu seguisse aquelas dicas estaria sem trabalho e frustada! kk.
As dicas que vou dar são experiencias minhas. Lembre-se que existem muitas empresas de vários tamanhos espalhados por ai. Eu trabalho com o ramo atacadista e tudo isso foi de grande utilidade pra mim. 

Eu não gosto de assistir desfiles, ler sobre as semanas de moda e nem acompanhar os look que as celebridades usaram em determinada premiação. Então, segundo a maioria dos sites eu não seria "aceita" no mercado de trabalho. Claro que pesquiso muito sobre moda e tendências. Mas, principalmente pesquiso sobre o "estilo" que a marca na qual estou trabalhando vende. Não adianta a estampa étnica estar na moda e ela não ser aceita na marca que eu trabalho, certo?

Muitas vezes quem vai ditar o que tem que ser feito são suas clientes, e não a moda (!!!)
Entrei no meu curso com uma visão totalmente diferente. E gente, não é só ficar sentadinha desenhando não. Muitas vezes é pressão, cobrança, uma fabrica inteira dependendo do seu trabalho (se você não desenvolve a costureira, a modelista.. ninguém tem serviço).

- Aprenda a modelar e costurar.
Levei alguns tombos no incio porque queria desenvolver uma peça que era impossível. Ou o tecido não dava para criar a peça que eu queria. Ou então, eu desenvolvia uma coisa muito difícil que para a pilotagem era tranquilo, mas para um corte de 200 peças já ia ser complicado (e demorado!).
Não sou Expert na costura e modelagem , mas aprendi o básico e talvez o necessário. Achei que não seria muito importante e não dei muito valor nas aulas que tive, então depois tive que pagar umas aulas extras.

- Procure emprego em uma industria têxtil (independente do setor).
 Quando fui procurar emprego nas industrias eu não tinha experiencia nenhuma (só tinha trabalhado como estagiaria na prefeitura e em uma creche) então, foi um pouquinho demorado pra conseguir. Meu primeiro emprego na área  foi no serviços gerais, ou seja, eu era tipo um Severino que fazia de tudo um pouco: colocava botões, dobrava, separava.. E com isso fui aprendendo um monte de coisinhas que hoje são muito uteis pra mim. Depois mudei de setor e fui fazer a ficha técnica, nada mais é do que descrever a peça e tudo que vai nela. Aprendi mais um bocado de coisas, inclusive o nome de alguns tecidos e suas composições.

- Não tem problema NÃO saber desenhar.
No curso você vai aprender algumas técnicas que ajuda bastante. Eu desenho mal pra caramba! Mas, costumo usar uma base de corpinho por baixo da folha e assim os traços ficam certinhos e a modelista consegue entender melhor.
Tem que pesquisar muito em sites de outras marcas, lojas online, blogs, pinterest para trazer inspirações. E se você viu uma gola bem lindinha e não consegue reproduzir em desenhos: imprime e cola na ficha técnica. Já ouvi várias pessoas falando que estilista de verdade não copia. Migas, não é copiar é pegar inspirações. Uma golinha ali, uma cava aqui, uma manguinha lá. Afinal, você vai precisar criar uns duzentos (chutando baixo) modelos por estação. AH! a estilista boa não é aquela que desenha perfeitamente e que cria tendências inovadoras, mas sim aquela que da lucro para a empresa que trabalha.

- Comece agora! Desenvolva roupas pra você.
Já penso em comprar um tecido legal, desenhar alguma peça e levar para uma costureira? Vale você tentar refazer a peça também. Sabe aquela blusinha velha que você não usa mais? Descostura ela, muda alguma coisinha e costura de novo. Ou só descostura pra entender como ela é feita (a mulher que me deu as aulas de modelagem fazia isso quando estava aprendendo).


Espero que vocês tenham gostado do post. Se tiverem alguma dúvida ou sugestão de post é só comentar ou me enviar um e-mail, eu sou bem legal! hahaha 

 E queria contar uma coisa chata: nosso instagram antigo foi hackeado :( então estamos com um novinho @blogagentejuntooficial. Eu sempre quis ter oficial no nome ! kkk Segue lá ! 
Um beijo! <3 



You Might Also Like

11 comentários

  1. Amei o seu post, me identifiquei em algumas coisas.

    ResponderExcluir
  2. Amei seu post...
    A verdade é que é mesmo assim por mais moda que seja se não serve para a nossa marca porquê perder tempo, né?
    Temos que nos adaptar ao nosso mercado de trabalho ou então procurar um mercado de trabalho que se adapte a nós ;)
    Boas dicas ;)

    BeijinhoBom
    Magia nas Palavras ♥

    ResponderExcluir
  3. Adorei o post! Não é uma profissão que eu pretendo seguir, mas esse tipo de postagem ajuda MUITA gente e eu acho que é sempre essa nossa intenção como blogueiras, né? Ajudar nossos leitores de uma forma ou de outra. Parabéns pelo trabalho!

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Adorei o post, dicas super preciosas. Devemos sempre valorizar os pequenos detalhes, eu trabalho em uma loja de tecido, então sei sobre tecido e composição, mas não me pede para costurar nada, pois sou uma negação.

    ResponderExcluir
  6. Ai que legal menina! me identifiquei também.
    Eu tenho uma loja de acessórios e querendo ou não temos que estar sempre ligadas!

    ResponderExcluir
  7. Sempre tive vontade, sabia? Mas dá um certo medo de fazer tudo errado rs. Adorei as dicas que deu, realmente pegar a prática e saber como lidar com isso ou aquilo vai ajudando e agregando conhecimento. Uma hora sai uma peça linda ♥

    ResponderExcluir
  8. Amei o post muito interessante pra quem quer seguir a profissão Bjs

    ResponderExcluir
  9. Oie, tudo bem? Sempre vejo muitas meninas dizendo que querem seguir carreira nessa área, eu nunca tive interesse, gosto mais de números haha por isso faço Administração. Mas as dicas são ótimas. Beijos, Érika ^-^

    ResponderExcluir
  10. Sempre amei muito moda! Quando eu era pequenininha, meu sonho era estilista, mas ai seila, fui vendo coisas e percebi que não é a minha area... mas não deixa de ser uma area muuuuuito legal!
    Beijos,
    Pompom Chic

    ResponderExcluir
  11. Sempre contei que iria fazer moda para ser estilista, sempre! Mas meio que desanimava porque não sabia desenhar (agora já sei que se aprende isso, mas na época não haha), mas acabou que outras coisas aconteceram e acabei seguindo outras coisas na minha vida, mas sempre que vejo outras pessoas começando a fazer moda, fica aquela sensação de "falta algo" rs
    Adorei o seu post e as suas dicas ;)
    Beeeijos

    ResponderExcluir